segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O que aprendi em janeiro de 2015

Aprendi com as Flyladies que eu posso a me habituar a deixar a pia brilhando. E o fogão e a mesa, também. De quebra apliquei o hábito do também....

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Minha sala camurça

Tem combinação mais linda que branco com camurça ????

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

O que aprendi em dezembro de 2014

Aprendi que um dos ensinamentos das FLYLady é que "não é porque estamos em casa que devemos ficar relaxadas com a aparência".





quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

É Natal... 2014

Nesse momento mágico que é o Natal, em que vemos nossa família completa e reunida a nossa volta é que nos damos conta de como Deus é maravilhoso.

E nada como um pudim para comemorar esse momento, mesmo que um dos membros dessa pequena família não coma nem um pedacinho dessa delícia...

Feliz Natal!!!


quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Para refletir...

Faça (e diga) o que é preciso, e não o que você acha que é preciso.

Serve para conselhos, presentes, instruções...




domingo, 17 de fevereiro de 2013

Me sinto estranhamente bem nesse ano de 2013

Decidi me programar seriamente neste ano de 2013, para não deixar nada passar batido na minha vida, e acompanhar de perto meus progressos, nada que me deixe aflita por não conseguir: se eu não conseguir começo de novo de forma diferente, oras!

Antes eu vivia só de devaneios, de começar a planejar e nada de por em prática. Dessa vez, o engraçado é que eu não decidi, apenas senti que algo mudou para melhor dentro de mim, me sinto mais serena, plena, mais voltada para mim mesma, coisa que nunca fiz, talvez seja por isso que estou me sentindo tão bem, é a primeira vez que, de fato, eu cuido de mim sem ter que me esforçar para fazê-lo, não sei ainda que sentimento gostoso é esse, vou descobrir aos poucos.



Sempre me senti assim, meio robô, sem poder de decisão na minha vida, sem coragem para impor minha vontade, porque somos assim?


Esse também é meu primeiro post programado, vamos ver se dá certo.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

O tempo voa...

Nem parece que já faz exatos dois meses que não venho aqui, nesse meu cantinho tão gostoso, mas tão abandonado ultimamente, na verdade esses dois meses passei bem longe do computador, mas deu uma saudadesinha assim, assim... Quero me programar para vir mais vezes, mas o tempo voa! Saudades de visitar os bloguinhos das meninas fofas que eu sigo, passar para tomar uma xícara de café ou de chá, com um pedaço de bolo de fubá quem sabe...


sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Dica para colocar sua foto nos comentários

Descobri já há algum tempo, foi uma dica da minha querida Gisele, não a Gisele minha amiga sumida do Diário do nosso apê (cadê você????). Essa Gisele do blog Receitas de Minuto faz cada prato bão... Sem contar que dá dicas espertas de organização e limpeza da nossa casinha, fora outras dicas que aí, só vendo!

Quando eu comentava lá nos posts dela aparecia uma opção que medrosa como sou, nunca acessei, então quando a curiosidade foi maior, entrei no site Gravatar para escolher uma carinha para os comentários no Wordpress, achei super legal porque fazemos amizades incríveis nesse mundo virtual que vão se fortalecendo com o tempo, então é bom nos conhecermos.

Então quando eu comento, quem aparece?Euzinha! Fica a dica.


quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Você tem intimidade com sua panela de pressão?

Esse post eu não podia deixar passar batido.

Conheci um novo blog o Socorro NaCozinha da Vanessa Nunes (ainda estou lendo), e dei de cara com este post falando do uso da panela de pressão que achei super bacana, além dela ensinar como usar, ela ensina você a se tornar a-mais-nova-amiga-íntima dessa rainha do fogão, conhecendo-a profundamente. Imperdível.

foto do blog Socorro NaCozinha

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Bifes - mais fácil impossível

Ultimamente ando passeando um pouco por novos blogs e vendo também vídeos super bacanas, como eu já disse aqui antes sou daquelas que precisam ver desenhado para entender melhor, e claro o que mais gosto é procurar receitas, não importa o formato. 

Meu ponto fraco são os bifes fritos, os meus nunca dão certo, nunca! Primeiro que enrolam (???), segundo ficam duros que me dão vontade de chorar, sempre! Morro de inveja do maridão... 

Enfim, no dia que eu dominar a arte secreta de fritar bifes vou me considerar uma cozinheira de fato.

Lendo o blog Vida Organizada encontrei um post de uma mocinha super fofa, e fui lá conhecer o blog dela: Amei! Fiz como é de meu costume quando conheço um blog super legal, li inteirinho e acabei conhecendo outro blog fofo Cozinha para 1. O nome do blog dessa menina fofa? Morando sozinha

Pois é, pensei, pensei e pensei: "Como minhas habilidades na cozinha são fraquinhas, porque não me inspirar em quem também está aprendendo a cozinhar, mesmo? Tipo quem mora sozinho? Eu não tenho um tempo tão grande para cozinhar, eles não tem com quem dividir, ou seja fica complicado para todos nós o ato de cozinhar por motivos diferentes, mas os dois lados precisam comer algo saboroso, saudável e rápido!". Por isso, cheguei no Cozinha para 1, o que me levou ao Na Cozinha, ambos fazendo? Bife. Para não restar dúvida de como é fácil, tá aí os vídeos para comprovar, e para encerrar uma sobremesa deliciosa de outra menina super linda e atenciosa que tem um nome incrível no seu canal I Could Kill For Dessert (Eu poderia matar por uma sobremesa)  e se não quer cozinhar que tal dar uma festinha? A Kátia (CasoseCoisasdaBonfa) é a melhor nesse assunto, né Bonfa? Beijoca para você. 

Quero ver se eu não aprendo agora!

Beijoca, lindas.

Bife à Parmegiana - NaCozinha

Bife Acebolado - Cozinha para 1

Pudim do Conde e um drink esperto


terça-feira, 13 de novembro de 2012

Meus filhotinhos estão independentes - estou ficando velha?

Duas coisas estão acontecendo que me fizeram parar e repensar minhas atitudes para comigo mesma.

Assim que pegamos o nosso bebê na maternidade e vamos para casa radiantes, começamos a sonhar com o crescimento dos nossos fofinhos: já vemos na nossa imaginação eles sentando sozinhos, os dentinhos nascendo, depois descendo da cama nos deixando com o coração na mão nas primeiras tentativas, correndo e levando um rola dos próprios pezinhos, já imaginamos eles brincando com os amiguinhos, trocando ideias com a gente, ganhando o primeiro gibi. Já crescidinhos ficamos com um sorriso largo e o coração mole quando começam a cair os primeiros dentinhos, começam a identificar as primeiras letrinhas e depois ler uma palavrinha ou outra, sem contar quando começamos a receber os primeiros bilhetinhos...

A poucas semanas vi essas visões do futuro se tornando realidade.

É uma delícia quando pego minha bonequinha olhando para mim falando "xapatim, mamãe" e olho para a mão dela sabendo o que ela quer: que eu coloque o sapatinho para ela descer da cama. Às vezes ela mesma briga com ela com o sapato na não "Aicha" escuto ela exclamar, pois já sabe que se eu pegá-la com os pezinhos no chão vou falar "Aicha, cadê o sapatinho, linda?".

Já o Otávio, faz meu coração ficar apertadinho querendo chorar, mas de alegria, uma alegria sem tamanho, só de ver ele concentrando, quietinho lendo os gibis que eu compro para ele no dia do meu pagamento, um por vez.

A paz só é perturbada quando a irmãzinha pede com todo carinho "Lê, Lite" e ele não ouve, tamanha a concentração, ela repete umas três vezes e então ataca o gibi para "ela mesma" ler. Aí, acabou o sossego e as brigas que eu achei que viriam só daqui a uns 3 ou 4 anos já estão instaladas lá em casa.

Por isso, digo: meus filhotinhos estão crescendo rapidamente e eu preciso me cuidar, não quero ser mãe baranga, que se descuidam por amor aos filhos. Isso não, preciso retomar a minha rotina minimalista de cuidados pessoais, coisas simples: fazer as unhas, pintar os cabelos, fazer chapinha que a-d-o-r-o, passar uma maquiagem leve, sem batom por enquanto, pois antes de deixá-los na escolinha vou sapecando beijinhos gostosos na bonequinha e um grandão no lindinho antes dele entrar. E salto alto, aí que saudade de um saltinho... Mas como ainda carrego a bonequinha no colo (sob os protestos dela) e ando com rapidez para não me atrasar... melhor não arriscar, São Paulo não é referência em calçadas próprias para caminhada, devo dizer.

Então é isso, estou feliz, mas meu radar da beleza está apitando enlouquecido pedindo algum reparo na mulher abandonada que estou. Como uma vez falei para minha amiga Cris, estou parecendo uma mulher das cavernas, Deus é Pai!

Quando o Otávio ainda chupava chupeta, eu já pensava nos gibis kkk...


Opa! Cadê o xapatin?

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Bem pertinho de mudar - gesso - e um carinho

Ué, mas ainda faltam quatro meses. Que nada! Não é assim que eu me programo.

Quando tenho um objetivo e para não me perder estabeleço uma data e faço contagem regressiva, para tudo: parcelamentos do cartão, aniversários que vou fazer festinha, mudança para o apê...

Com a data definida já à algum tempo nos mudamos no final de janeiro, quero aproveitar o feriado de 25/Jan/13 aqui em São Paulo e o Carnaval para fazer a nossa adaptação, porque não é simplesmente mudar e pronto.

Sempre damos um pulinho no apê, às vezes até dormimos... olha a prova aí embaixo, mas não é a mesma coisa.


Precisamos andar pelas redondezas para sabermos onde fica o supermercado (tem um mercadinho logo na esquina, mas não conta, e só para emergências), o açougue, a farmácia, a padaria e por aí vai. Escola eu já conheço, ponto de ônibus mais ou menos.

Mas até então essas idas não tinham substância, agora sinto que tem. 

Domingo acertei o serviço com o gesseiro, eu já havia feito orçamento com um senhor em maio, mas ele não pareceu profissional no atendimento, pode ser que ele seja profissional no trabalho, mas a princípio o que conta é a conversa e a segurança que ele tem que passar pra gente, ele queria fazer imediatamente o serviço e eu só em outubro, quando eu teria uma folga financeira, não antes. Porém ele não me retornou, acho que ficou chateado. Mesmo assim eu liguei para saber quanto ficaria o trabalho, ele disse que trabalhava por m² e que seria R$ 20,00 cada m², ele mediu no dia que nos encontramos e eu não gostei da forma dele medir, ele disse que precisava ver se tinha tempo e ficamos por isso mesmo, desencanei da ideia. 

Então com a data de mudança definida, retomei os orçamentos não com ele e sim com um outro senhor que me deu o cartão dele no dia que meu marido e eu fazíamos a segunda e última vistoria, guardei o cartão e retirei da bolsa na sexta-feira dia 14/09 para saber se ele poderia me encontrar no domingo. Ele disse que sim e marcamos o horário.

Então no dia marcado fiquei esperando ele chegar enquanto o Otávio descansava na foto acima, eu o esperava na portaria, pois estava uma tarde gostosa de calor para ficar fora de casa, a nossa porteira me disse que ele fez alguns apartamentos lá no nosso condomínio. 

Ele sim, foi profissional me explicou direitinho, acatou de imediato quando eu disse que então não iria querer a sanca, eu acho aquele teto tão baixo e com a sanca teria que rebaixar ainda mais Deus-me-livre eu iria ter ataque de claustrofobia

Ficamos só com moldura nos dois quartos e nos dois ambientes da sala (que peninha sem iluminação linda na sala sniff, sniff...)

Outro ponto positivo para ele: me passou o orçamento na hora. Tinha dado R$ 516,00 negociei, expliquei que se ele fechasse o preço em R$ 450,00 eu poderia fechar também e ele calculou e calculou de novo, falou R$ 480,00 mas afinal cedeu pelo valor que ofereci. Então agora é só aguardar outubro chegar para ele colocar o gesso.

Outro ponto positivo? Faz questão de receber o valor total depois do serviço pronto.

Por isso, digo que agora eu sinto que o dia está chegando. O primeiro passo era colocar os plafons e colocar o chuveiro no apê, fizemos isso em junho, levamos meu lindo microondas espelhado e passamos a festa junina de São João lá, mas era somente uma novidade gostosa, a mudança ainda estava lonnnge de acontecer. Mas agora com o serviço de gesso fechado, xiiii! 

Ontem a bonequinha completou 1 aninho e meio e eu que ganhei um carinho do maridinho, ele fez o almoço e quando eu estava destampando as panelas para fazer meu prato, toda cansada por causa desse calorão, olha que gracinha que eu encontrei rsrsrs

cute cute de purê de batata


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Minha bonequinha faz 1 ano e 6 meses hoje!!!!

O tempo parece voar, e Aicha já tem um ano e meio. Sapeca e cheia de atitude, sem contar que é uma fofucha, ela nos surpreende a cada dia, fala tudo no seu jeito de bebê. Opa, já não é mais um bebê, agora é uma mocinha que não quer mais colo, só pensa em "chão" e uma luta segurá-la quando voltamos da escolinha. É lindo vê-la interagir com o irmãozinho, conversando feito-gente-grande, olhando nos olhos dele com muita atenção enquanto fala. Linda! Te amamos boneca.



quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Pequena ajudante

Minha filhota parece que tem gosto por arrumação de casa kkkkk.

Ontem não teve quem conseguisse arrancar o esfregão da mão dela, sorte minha ela só ver eu varrendo a casa, nunca passando o pano, coisa que só faço à noite, quando os dois dormem, senão ela iria querer enfiar o esfregão no balde também e seria aquela molhadeira rsrsrs. Ficou quase meia hora para lá e pra cá, batendo com o cabo no roupeiro, no espelho, nas pernas da sua vovó e seguiu para a cozinha fazendo aquela limpeza e fazia "shiu, shiu" toda nervosinha quando alguém tentava tomar o esfregão para que ela não se machucasse, pois às vezes caia da mão dela e ela pisava encima sem querer, não conseguindo levantá-lo, aí pedia a ajuda da "bobó" toda aflita. E fazia o trabalho dela com seriedade, não parecia estar brincando.

Estou encrencada: O Otávio fica de olho quando cozinho, se diz Claude Troisgrois e que adora me ver cozinhar, principalmente Creme de Milho, sempre quer dar uma mexidinha no suco, nas panelas... e a Aicha quer arrumar a casa, gaveta sei que ela arruma muito bem kkk, é... tô, encrencada




terça-feira, 4 de setembro de 2012

Como dobrar camisetas

Adorei essa série de vídeos da Omo, ensinando desde tirar manchas à dobrar as roupas, segue um deles.



sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Meu menininho cresceu...

Meu dia especial foi ir à escola fazer a matrícula de meu filho.

É um momento emocionante, com a sensação boa de que estamos avançando mais um patamar na história de nossa vida, nos damos conta que nosso filhotinho cresceu e já vai para a escola, que agora os horários mudarão (não mais o dia todo na escolinha), vai usar uniforme, vou comprar cadernos que irei encapar junto com ele, comprar livros com aquele cheirinho que só os livros didáticos tem, lápis, borracha e outras coisinhas lindas dessa época escolar, e mochila com rodinha ele passou esse ano inteirinho me pedindo essa mochila... Vai ter lição de casa, coisa que ele adora, agora que sabe ler tudo...



É, estou emocionada e muito feliz...


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Rotina matinal - mudanças e progressos

A minha rotina matinal ultimamente estava péssima, acabava ficando estressada e chegava atrasada ao trabalho, pois estávamos saindo quase 7:40h de casa.

Eu me arrumo rápido e arrumo a pequena ainda mais rápido, incluindo nossas bolsas e mochilas.

Já com o pequeno rapazinho a história era outra.

Consegui definitivamente fazê-lo dormir às 8 horas, sem nenhum problema e ele pega no sono como num passe de mágica, por que é o combinado dele não reclamar, já que na sexta e no sábado ele pode dormir mais tarde. Ok, nossa rotina noturna nesse sentido é um sucesso.

Mas, quando acordávamos a rotina não era boa. Decidi mudar a ordem das ações, que eram assim:

- Acordar (super sonolento) para tomar café - quase 30 minutos vendo TV
- Se arrumar e colocar os sapatos - quase 20 minutos
- Vejo ele distraído folheando os livrinhos!!!!
- Escovar os dentes - quase 10 minutos
- Preparar o lanchinho - eu estava fazendo, porque o tempo tinha estourado.
- Resultado: 7:35h da manhã e nós (eu) correndo feito loucos, colocando a mochila nas costas para sair.

Novas regras:

- Sem TV
- Se arrumar e colocar os sapatos - ele faz agora em 10 minutos
- Arrumar a lancheira (agora super acordado, escolhe o que vai levar)
- Tomar o café (toma em menos de 10 minutos com atenção)
- Escovar os dentes - 5 minutos seguindo todas as regras da escovação
- Resultado: 6:48h e... está tudo na Santa Paz de Deus.

- Mãe, o que faço agora?
- Pode ler seus livrinhos ou ver TV, filhote!

E podemos sair às 7:15h com tranquilidade, conversando gostoso, minha cabeça leve, o Otávio sem reclamar, com alegria. E ainda podemos dar tchau de longe para a "bobó" que ainda está dormindo... Porque a Aicha já está andando e quer ir direto para a casa da "bobó".

A vida é boa... E amanhã vai ser um dia especial!





sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Casinha Organizada

Já faz um tempo que eu estava sentindo essa minha casinha um tanto desorganizada.

Decidi colocar cada coisa no seu lugar:
- coloquei só o título e mais nada logo no início do blog
- estou redefinindo os marcadores de acordo com cada post
- abri listas de acordo com cada blog:

Fogão (blogs só de culinária e afins)
Deixando a vidinha mais fácil (blogs de organização, dicas e outras coisinhas que tornam nossa vida mais fácil)
Brincando de casinha (blogs sobre reformas de apê e histórias lindas de quem pegou ou vai pegar suas chaves)
Ser linda tem que ser uma rotina (é, também quero ficar bonitinha)

O resultado me pareceu bom, tenho ganhado tempo para ver todos, acrescentar mais alguns, me entristeci por ver que alguns não atualizam mais.

Posso até postar com mais frequência. Quem sabe...

Em casa também estou começando a sentir o efeito mental do hábito, acredito que o hábito se fixa não somente pelo exercício da ação física e sim pelo exercício mental, você faz tanto, tanto, que se torna... um hábito.

Aí, já não é mais trabalhoso, e sim prazeroso.


segunda-feira, 20 de agosto de 2012

A expectativa é uma pedra em nosso caminho...

Se tem uma coisa que tira nossa alegria de viver, é viver "cheias" de expectativas.

E pôxa vida, é só o que temos: expectativa para que o dia seja bom, que a comida seja gostosa, que arrume um emprego (bommm) logo, que o marido/namorado perceba que mudamos a estante de lugar e que pintamos nossa unha de um tom um tantinho mais clarinho hoje, que o filme que eu vou assistir seja muito bom, que o pedreiro/eletricista/gesseiro tenha entendido direitinho tudo o que eu expliquei, expectativas que certa pessoa reconheça o sacríficio que estamos fazendo por ela, enfim cada um tem as suas, é do ser humano acreditar no futuro e sonhar, mesmo que a realidade esteja a léguas de distância, acredita que com fé tudo é possível... Expectativas, expectativas e mais expectativas... Relaxar um pouquinho e deixar a vida nos levar, nem pensar! Tô errada?

E nem sempre o que queremos acontece, então ficamos tristes, extremamente tristes, nos sentimos traídos e desamparados pelo destino que fez piada com a gente, nos dando algo que não pedimos e nem estávamos preparados para receber.

Essa bendita expectativa nos faz ficar cegas quanto às oportunidades que nos cercam, simplesmente porque fixamos nossa vontade em algo e pronto, acabou a paz de espírito. E para piorar fazemos isso com o perfeccionismo sendo o protagonista, por que não sabemos sonhar sendo simples, não senhora, sonhamos com estilo e quando caímos do cavalo, ficamos... deprimidas.

Eu senti isso a meses atrás, e não foi uma ou duas vezes que vi minhas expectativas frustadas, foi uma sequência dolorosa, uma trás da outra, a ponto de fazer com que eu perdesse a confiança em mim e na minha habilidade de conduzir a vida. Mas o tempo é o melhor dos remédios, porque também é tipico do ser humano esquecer, e também habituada como estou de nos momentos de crise profunda a sair dela no passado, me ajudam sempre a reconhecer esses momentos. Mas infelizmente, é só depois de muiiita dor diga-se semanas, é que paro e me pergunto "Ô! tenho mesmo que passar por isso? Saí fora! Não quero! E minha opção é por mim, e não por ninguém ou situação ou objeto, ou nada". Saio desse coma com esse único objetivo, e sobrevivi lindamente. Transformada, porém tranquila.

Mas é claro, tudo tem seu preço, e nesse caso não sou eu que pago. Quando decido por mim, abro mão total da situação: não quero mais, não penso nela e não me importo com ela, então me sinto leve, liberta.

E isso serve para qualquer situação, desde a mais insignificante até a mais delicada.

Essas últimas semanas estão, enfim, me deixando mais tranquila depois de tanto tumulto e por eu segurar as rédeas da expectativa e de fazer o esforço hercúleo de manter a organização doméstica e pessoal tão difícil de serem seguidas entrarem na linha à força.

Não me incomodo tanto se as coisas não saem como eu quero, simplesmente paro, analiso o que a vida me trouxe, vejo se pego ou se ignoro, se dou uma choradinha para aliviar ufa! não ando precisando, sinal que estou obtendo resultados. É difícil, muito difícil, mas é muito pior nos ver no fundo do posso e simplesmente nos deixar lá, por favor, vá se resgatar! Seja sua própria heroína, como já é todo santo dia e não percebe.

A sensação é de leveza e vontade de gargalhar de alegria, pode isso? Mas é assim. Então, estou aprendendo a gostar do que tenho e não do que posso ter. É isso. Se não posso mudar, me adapto e faço o melhor que posso.

É esse patamar de evolução que temos que alcançar, devagar, mas com firmeza. E rédeas firmes na expectativa.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Dica - Como limpar as panelas de inox

Quem tem panela de inox sofre um "cadinho" para deixá-las sempre brilhantes, como sou daquelas pessoas que adoram uma imagem para fixar bem na memória, amei esse vídeo, sobre uma dica que eu sabia, mas não praticava.

É só pegar uma colher de sopa de bicarbonato e uma colher de sopa de vinagre branco, fazer uma pasta e passar com uma esponja na panela já limpa e depois é só lavar com água corrente e secar bem, promete tirar as manchas, o escurecimento e o queimado.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Às vezes é necessário parar um pouco, colocar os pensamentos em ordem e assim poder apreciar o que temos, normalmente nem percebemos o quanto nossa rotina é gostosa, confortável até.

Está sendo assim comigo ultimamente, me sinto um tanto offline e mais introspectiva, conversando mais comigo mesma o que é bom e sem querer percebi que estava habituada a minha vida sem tantos altos e baixos, me deparei com uma vida calma e daí o susto que eu levo quando algo diferente acontece, é bem engraçado ou trágico, não sei ainda.

Coisas boas aconteceram nestes dias... Aicha enfim resolveu andar "sozinha" sem segurar nas paredes, ela andava de lado com uma agilidade surpreendente, parece um bonequinha gorducha para lá e para cá... Dôtosa da mamãe.

Meu gatinho, Otávio completou 6 aninhos dia 14 e está de janelinha, um deles arranquei ontem enquanto "eu" e não ele assistia Speed Racer - O Filme.

Tirando uma coisa ou outra bem ruim, a vida é boa.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Um selinho - É o mais puro sinal de amizade

Recebi um selinho! Da Gi, minha lindinha querida do blog Diário do Nosso Apê. Fiquei emocionada com o carinho dela. Desenvolvemos uma relação de amizade muito gostosa ao longo do tempo, e eu nem sei como ela me achou, eu a achei primeiro quando fiz um post comentando sobre a descrição dela em relação ao tamanho dos apartamentos de hoje "ótima pra quem tem duas calcinhas e um par de chinelos pra guardar".

Antes eu não entendia qual era a intenção de alguém ao mandar um selinho para outra.

Agora entendo. É o mais puro sinal de amizade que uma pode demonstrar para outra, uma vez que não nos conhecemos pessoalmente, essa é uma forma super fofa de mostrar "Aí, adoooro seu blog, mesmo que não saiba que eu te acompanho, tenha certeza, te acompanho sim".

Então, é isso que quero dizer para cada uma das minhas indicadas, algumas já tenho afinidade de tanto que trocamos figurinhas, às vezes só por e-mail, talvez nem saibam que eu tenha blog/diário, outras só acompanho de longe há muuuito tempo e elas não sabem, essa é uma oportunidade de ficarem sabendo. Infelizmente só posso indicar 10, queria mais cinco snif snif...

Vamos lá:

1. http://sopavermelha.blogspot.com.br/
2. http://sermulher.wordpress.com/
3. http://mulhermultifacetadain.blogspot.com.br/
4. http://delicinhasecoisinhas.blogspot.com.br/
5. http://feijaonoprato.com/
6. http://cantinhoprinato.blogspot.com.br/
7. http://resolvidoadois.blogspot.com.br/
8. http://osonhodo603.blogspot.com.br/
9. http://caminharentrelinhas.blogspot.com.br/
10. http://primeiroapt.blogspot.com.br/

Seguir algumas regrinhas:

- Colar o selinho no blog - ok colei
- Divulgar o selinho e linkar o blog de quem você ganhou - ok divulgado e linkado
- Escolher 10 blogs para apresentar - ok escolhidos
- Deixar comentário para as escolhidas saberem que ganharem - ok vou deixar

Por favor, fiquem à vontade se não quiserem levar essa brincadeira bacana adiante, mas garanto que é muito gostoso. Aproveitem e expressem esse carinho.

Um beijo para todas e também para quem eu não pude acrescentar na listinha, mas é só olhar olhar ali ao lado até embaixo para ver quantos bloguinhos são queridos por mim.




Gi, linda, obrigada por essa oportunidade, tenha certeza que meu carinho por você só aumentou.

Meire




sexta-feira, 1 de junho de 2012

Aprenda Comigo - e-mail de resposta aos comentários nos blogs



Há uns dias reclamei que no Blogger não tinha uma opção de interatividade entre os comentários nos blogs.

Pois, tem!

Eu que não sabia, kkkk! E tenho certeza que muita blogueira ou anônimo, também não sabe. Vamos apostar?

Então, para quem não sabe: sempre que for fazer um comentário em algum blog, existe a opção "inscrever-se por e-mail" e só clicar antes de escrever e publicar. No Wordpress é a mesma coisa, só selecionar "enviar comentários de acompanhamento por e-mail". Daí em diante, todas os comentários caem em seu tchanam e-mail.

Isso é legal, principalmente quando você fazia uma pergunta a sua amiga e tinha que voltar depois para ver a resposta. Agora, não! A resposta vem no meu e-mail, ebaaaa!

Não é ótimo?

Novata, vivendo e aprendendo, mas eu falei lá no início que não sabia mexer neste bloguitcho, hahahahaha.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Simplicidade - item necessário na organização do cardápio e na minha forma de viver a vida


Minha vida andou tumultuada nos últimos meses, a ponto de me afetar de tal maneira que decidi, já a algum tempo, rever minha forma de levar a vida.

O fator "tempo" é meu inimigo, o fator "sono" idem.

Esses dois fatores juntos me enfraquecem, e é preciso enfrentá-los, já não posso me dar ao luxo de me entregar como fazia quando não tinha responsabilidades e deixar a vida seguir por si só.

Tentei ser disciplinada, não foi fácil. Tudo que eu começava, não conseguia levar até o final.

Quando decidi parar e buscar em mim todas as lições de organização que aprendi, que li, que ouvi por aí, que me ensinaram e na época eu não precisava dar atenção, cheguei à conclusão que tinha muita coisa que eu fazia de errado. Busquei então o conceito mais sábio: o da simplicidade.

Aderi à simplicidade quando vi que com dois filhotinhos eu não dava conta da casa e a casa é pequenininha, e isso fazia com que eu me sentisse mal, uma péssima mãe e dona de casa.

Usei a simplicidade ao decidir fazer uma coisa por vez, não mais. Algo que não levasse tempo, que me daria a sensação de que eu estava conseguindo colocar as coisas em ordem. E consegui.

Se desse tempo de só passar a vassoura na casa, ou arrumar aquela gaveta bagunçada, era isso que eu fazia. Se não desse, paciência.

Só agora depois de tantas semanas de persistência é que consegui montar meu menu semanal, na verdade o meu menu é quinzenal, era aí que eu errava, quando tentava fazer somente o menu da semana.

Meu primeiro passo foi listar as receitas que eu sabia fazer (poucas) e as que meu filhote e marido mais gostavam. Ambos são seletivos e não gostam de variedade, daí minha habilidade ao longo do tempo ir diminuindo à ponto de não gostar mais de cozinhar.

Segundo passo considerar que tem de haver na refeição, além do feijão e arroz obrigatórios, uma carne, uma verdura crua e um legume cozido, e um suco. Não somos adeptos de sobremesa.

Terceiro passo considerar as cinco cores que devem ter no prato, tenho fixação por isso de tanto que já li antes de ser mamãe, mas considero isso algo positivo e que persigo.

Quarto passo e era justamente nesse que meu cardápio semanal ía para o brejo: simplificar.

Sim, simplificar. Eu tentava planejar para os sete dias da semana um menu diário que acabava se tornando impossível de ser realizado devido a minha falta de tempo. Para uma refeição razoável é necessário no mínimo uma hora e meia, sem interrupção. Precisava temperar a carne, temperar o feijão, picar os legumes, picar a salada, fazer o suco, o arroz fresquinho dia sim, dia não e mandar tudo isso para o fogo, limpar a pia, lavar os utensílios usados, olhar os dois filhos pequenos... Não tinha tempo.

E daí, que a alimentação era repetitiva e sem graça.

Pensei então:

- Vou mudar aos poucos: cada dia uma salada com uma opção, um legume cozido, o suco e pronto; arroz e feijão era garantido.

Ex.: arroz branco, feijão carioquinha, salada de alface, mandioquinha cozida ou no vapor, suco de uva.

Eita! E a carne? A parte mais trabalhosa. Como temos um bebezinho que já come conosco, a carne sempre é cozida, raramente entra fritura. E o segredo para ganhar tempo está aí, o legume é cozido junto com a carne, seja carne vermelha ou frango, até o peixe com batata entra na roda.

Cardápio simples, rápido, cinco cores, todos os grupos alimentares presentes e gostoso. É assim nos quinze dias: posso usar quinze legumes diferentes, quinze saladas em tempos alternados, as carnes em quinze preparações também DIFERENTES. Fico livre para usar todos os alimentos necessários nesse tempo.

Aí sim, fiquei feliz com meu menu.

Algumas dicas são valiosas nesse momento:

- deixar a carne descongelando
- o feijão de molho na água
- deixar os legumes ralados ou pré-cozidos
- o tempero caseiro em duas versões (só de alho, óleo e sal e outro com acréscimo de cebola e coentro)
- o suco pode ser com polpa ou Maguary
- a salada já fica pronta para ser picada e temperada (já foi lavada, higienizada e seca na centrífuga) é só tirar o que vai ser consumido.

Assim tenho inspiração para fazer tudo rápido e gostoso e dar atenção aos meus dois pequerruchos bagunceiros.

Sempre de maneira simples.




sexta-feira, 11 de maio de 2012

Não faço muitos posts, mas adoro ler!!!



Eu não estou de bronca com o Blogger, é que seria muito mais gostoso se fosse mais interativo.

Como assim? Eu comento muito pouco, porque não quero ficar como enxerida para as meninas que não me conhecem, mas comentam pra caramba nos blogs que eu adoro, então só leio e quando não me aguento: comento, faço pergunta, dou palpite (olha a enxerida!!!). Fico com vergonha, e se elas pensarem "Quem é essa??? Nem tem um blog definido". Possivelmente não vão ler que esse é um blog/diário, mais para acompanhar os post de minhas lindinhas, com as quais estou fazendo uma amizade deliciosa algumas que não converso aqui pelo blog, converso por e-mail mesmo, vocês sabem quem são vocês, estou errada? Rsrsrs. Eu tiro ideias de assuntos diferentes, daí eu não escrever sobre um assunto específico:

- recebi meu apartamento e vou começar a dar meu toque pessoal, mas é tão lentamente que vão bocejar.
- estou perseguindo com a força de minha alma manter tudo organizado (então vejo tudo sobre menu semanal, limpeza do lar, armazenamento de alimentos...) ainda não estou apta a dar dicas sobre isso
- e por aí, vai... Eu só gosto de ler cada post.

Então, é nisso que eu digo que precisamos de mais interatividade. Quando comentamos nos bloguinhos, temos que voltar para ver se tem resposta quando perguntamos algo, ou quando comentam no meu e eu respondo não sei se elas recebem minha resposta de carinho... Pelo menos tem uma coisa bacana, o comentário cai direto no e-mail, mas e a resposta??? Não podia cair também, isso seria muito legal...

Meninas, acompanho cada post e me coço para responder, mas me controlo pelos motivos acima.

Beijinhos

(e Gi cadê você?  Três dias sem postar, estou com saudades e Cris obrigada pelo carinho, tou precisando aprender o que posso ralar e guardar, além de congelar rsrsrs)

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Tô brava com o Blogger - ficou difícil adicionar novos bloguinhos a minha lista de "Adoooro"!!!

Whouu!!!  Não estou gostando dessa mudança que o Blogger fez, tudo é mais difícil agora!

Antes era só ir no "Design" e escolher o que fazer. Agora? Não!

Mas vou relaxar e me adaptar; está escrito ali no meu perfil, então tenho que fazer.

Mas que demora, demora!
O Otávio falava que os nomes das meninas Super Poderosas eram: Florzinha, Lindinha, GOLFINHO rsrsrs

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Lar, doce lar - Pegamos as chaves !!!

Enfim, pegamos as chaves no dia 24/04/2012!

Para manter a euforia sob controle decidi não ir junto, pedi que maridinho e filhote fossem, mas que tirassem foto desse momento tão lindo: para eu ter certeza de que era realmente nosso.

O nosso "Lar, doce Lar" já era um fato concreto com as chaves na mão do meu pequenininho.

Hoje estou sem palavras...



Obrigada MRV por realizar um sonho que eu não havia ainda sonhado, por achá-lo tão distante de mim...

sábado, 21 de abril de 2012

Microondas espelhado - Os últimos serão os primeiros

O microondas não estava na minha lista de prioridades de eletrodomésticos, ainda tenho um que funciona muito bem, embora seja velhinho. Ele e a TV de 42 polegadas seriam os últimos da lista, na verdade o "último" da lista, a TV vem antes.

Tenho como hábito a alguns meses de acompanhar pela internet em alguns sites famosos os preços do três eletros que pretendo comprar: geladeira, fogão forno duplo e lava & seca. Eles sim, são prioridades.

Em uma dessas passeadas por um deles o CompraFácil.com, dei de cara com esse microondas com um preço incrível, pois sabia que ele não custava menos de R$ 799,00. A primeira vez que fiquei sabendo dele foi no blog Olha o Meu Apê da Flávia, esse foi o primeiro blog que acessei, sem querer caí nele, o li todinho e adorei, aí descobri todos os outros, não dá para colocar link (EITA, agora dá, ela voltou!!!) da história hilária que ainda hoje faz a mim e ao meu marido rir sobre o microondas Brastemp espelhado dela, porque só pessoas convidadas podem acessá-lo, que pena...

Ah, não resisti, liguei para o maridinho e falei:

- Amore, sabe o microondas espelhado daquela moça que levou um susto com a velhinha do outro prédio? Ele está por R$ 349,00 em 10 vezes fixas, é da Philco... Vou pegar...

Peguei. Com uma pontinha de medo, pois não o vi pessoalmente como é meu costume antes de comprar algo pela internet: e se a qualidade não fosse boa e se ele fosse feinho e meia-boca. E o site? Nunca havia comprado por ele, embora tenha ajudado um amigo do trabalho a comprar uma cadeirinha de carro por esse site, demorou uns 20 dias para chegar, mas chegou certinho.  Eu já havia comprado do Shoptime e adorei a qualidade dos produtos, comprei grill, juicer, panelas de inox e são produtos excelentes, até hoje não me deram problema, resolvi arriscar. Perdi o medo e comprei.

O prazo para entrega foi cumprido à risca, creio que 7 ou 10 dias, veio um comunicado por e-mail que chegaria dia 11/04, mas fiquei tranquila pois não tinha pressa. Eis que no dia 11/04 na parte da manhã minha mamy liga e diz "Seu microondas acabou de chegar!". Não acreditei. No dia combinado! Parabéns CompraFácil.

Corri para casa e fiquei toda ansiosa pedindo para o maridinho abrir logo a embalagem grande e pesada (ele é de 31L, maior que o nosso, iupiii) mas ele tinha acabado de entrar no banho, esperei e esperei mais um pouco ele acabar e nada dele sair, creio que se passaram 3 ou 5 minutos...e com minha irmã, irmão e mamy "Já abriu?". Não aguentei e abri antes que acabasse o horário do meu almoço.

Parecia mentira, que era só propaganda mesmo. Não era!!!!

O bichinho é ESPELHADO mesmo! As fotos estão aí para provar... E a qualidade e design são fantásticos,

Com a porta aberta para não deixar dúvida que é um microondas mesmo

Essa foto é porque o Otávio parece estar se olhando no espelho mesmo, nossa!

Ontem me ligaram para marcar o dia para receber as chaves, só podia de segunda a sexta-feira, ontem era sexta!  Então marquei para terça às 11h. Maridinho e Otávio vão recebê-las.


quarta-feira, 11 de abril de 2012

Concurso Público - Decidi quem quero como meu chefe


Não que eu esteja insatisfeita com meu trabalho atual, pelo contrário, mesmo tendo que pegar dois ônibus e metrô apartir do final do ano, quando me mudarei, pretendo continuar trabalhando, não estou desanimada, gosto muito do meu serviço, tanto que estou a quase 11 anos. Só sairei quando passar no concurso público que quero, não estudo para outro só para ele, inclusive fiz faculdade pensando "nele".

Meus planos eram esses quando decidi realmente qual concurso queria, planejamento a longo prazo:

começar e terminar uma faculdade em dois anos - ok
no final do último semestre da faculdade engravidar da Aicha - ok
comprar meu apêzinho - opa, isso não estava programado
começar a estudar sem pressa nem neura para "meu" concurso público comecei agora - ok

O interessante é que não desisti dele nesses três anos, nem diminuiu meu interesse nem um pouquinho... Coisa rara em mim.

Nesse meio tempo que eu tentava estudar cadê minha persistência e disciplina??? eu perdia o foco, aliás, depois que me tornei mamãe esse é um item de luxo, por isso no meu perfil peço foco no meu mantra.

Então ganhei um presente divino, lendo meus bloguinhos amados adicionei esses dias um blog bem bacana sobre concursos públicos encontrei um post que me ensinava o caminho do ouro.

Eu não havia pensando que sofria de dispersão!

Pois, sofro!

E esse post ensina umas dicas legais para evitá-la, vou fazer o teste.


quarta-feira, 4 de abril de 2012

Até que enfim fiz a vistoria e uma surpresa do filhotinho

Sobre a vistoria


Nossa, nem acredito!

Quando me ligaram na quinta-feira passada para marcar o dia e hora para fazer a vistoria eu nem acreditei direito, sorte que maridinho estava do meu lado e ouviu toda a conversa com dia e hora acertados. Voltei para o trabalho nas nuvens, eu almoço em casa. Esse vai ser um privilégio que vou perder: almoçar em casa. Enquanto atualmente levo 5 minutos para chegar ao trabalho, quando me mudar vou levar em torno de 1h e meia, mas não reclamo, sinto falta de sair mais.

Parece que foi de propósito o trânsito alucinado hoje. Normalmente fazemos em 1h e meia todo o percurso (sempre) até o apê, hoje fizemos em quase 3h!!!! Não entendi... O que aconteceu com São Paulo hoje? Qualquer caminho que marido pegava, lá tava o trânsito, ele olhava para mim para ver se eu estava ficando irada, pois odeio atrasos, mas eu estava tranquila, sei lá porque... Ele me avisou para não esquecer de entrar com o pé direito e eu pedi para ele me lembrar qual era esse pé, pois quando entramos na primeira e única vez, quando fomos fazer visita na obra não consegui lembrar qual era o direito nem o esquerdo, eu heim? A vistoria estava marcada para 10h, chegamos depois de 12h. Nossa sorte é que o rapaz que estava nos esperando era super gentil e paciente, nos acompanhou com toda paciência, nos explicou o que não podia ser feito, enfim foi uma ótima vistoria.

Perguntei antes de entrarmos no nosso apê lindinho se as chaves demoravam para serem entregues, ele respondeu que em dois dias estavam recebendo (seremos um dos últimos a receber), e quanto a energia da Eletropaulo ele me confirmou que em dois dias no máximo eles estavam fazendo a ligação, pode? Fiquei surpresa, pelo que contam nos blogs é uma batalha tanto um quanto o outro...

Deu até uma fraqueza no corpo quando o rapaz abriu a porta para entrarmos, um certo "quero entrar voando" com um "e, agora?" me lembrei do dia do meu casamento, senti a mesma coisa rsrsrs.

Eu tinha na memória que o apêzinho era minúsculo, mas para minha surpresa não era não


A vistoria foi  legal, mas teve alguns pontos que eu não poderia deixar passar despercebido, como o acabamento, que é importantíssimo. Então, por causa desses reparos teremos que esperar mais uma semana, segundo o rapaz até segunda-feira terminam. Ih, olha a sensação estranha de novo...

Onde os piquerruchos vão brincar, o sapinho com certeza é para  a Aicha

Sobre o Otávio

Hoje tive outra surpresa maravilhosa, o Otávio chegou para mim e disse:
- Mãe, meu dente tá mole.
- Sério? eu disse não acreditando muito, ultimamente ele quer esse dentinho mole logo, deixa eu ver?

E não é que estava mesmo. Senti uma emoção boa, quase chorei, meu filhinho já vai perder um dentinho, aí ele interrompe meu estado emotivo:

- Mãe, o outro também!

Mentalmente arregalei os olhos.

- Não pode ser, meu bem, é um de cada vez - e fui verificar: ESTAVA MESMO!!! Para provar para mim mesma que não estou delirando (de novo, igual no telefonema da MRV) agora enquanto escrevo, o chamei para ver "os" dentinhos: é estão molinhos mesmo. Ai, Ai... daqui uns dias meu lindinho vai ficar com janelinha...

dormindo com seu corte de cabelo charmoso

Vem janelinha...


sexta-feira, 30 de março de 2012

Planejar é fácil, por em ação, aí já é outro assunto

Estou me forçando a por em prática tudo o que eu lindamente planejo.

Não vou  me estressar tentando alcançar metas fora da minha realidade neste momento, a ponto de desistir de tudo, só por que não consigo ir até o final no que foi milimetricamente planejado. Por isso, minhas metas ao planejar são bem pequenininhas, para que eu possa realizá-las uma por vez, rápido e bem feito, sem neuras nem cobrança: tenho que arrumar o guarda-roupa, que por um mistério divino está todo bagunçado, sendo que eu o arrumei a três dias? Não tem problema, arrumo uma gaveta por vez e dou uns berros de aviso que a gaveta está arrumada e que não quero ninguém procurando camisetas como se estivesse em uma gincana. Armário de cozinha? Idem. Brinquedos? Idem. Roupa suja? Idem. Toalha molhada? Idem. Pano de prato e de secar mão? Todos sabem muito bem onde eles devem ficar e não é no encosto da cadeira!

Já estou em um estágio em que não preciso enrolar, nem ficar pensando "Vou? Não vou...???" nem procrastino para fazer algo, seguindo simplesmente essa estratégia. Quando não temos tempo essa é a melhor solução. Então vejo o que precisa ser feito em cada canto da casa, dou atenção a ele e sem pensar me ponho em ação, se eu pensar puff, passou o momento e alguém me chama para ver algo, alguém chora porque não quer beijinho do irmão, o arroz queima, a água do banho da Aicha transborda e eu fico doida.

Faço como a formiguinha, trabalho com foco. Faço o que eu posso, mas tem de ser bem feito, diz a minha mamy que o preguiçoso trabalha por dois, ui tô fora!



terça-feira, 27 de março de 2012

Quando uma bonequinha faz aniversário...

... temos que comemorar.

Mas para mim, não é tão fácil assim, pois no dia que Aicha completa anos ainda estamos no primeiro cute cute é um motivo de tristeza também, pois me remete ao episódio triste que enfretamos, QUE ELA ENFRENTOU.

Por infelicidade nos deixaram passar da hora do parto, muito da hora.

Resultado? Tiveram que fazer um trabalho de titãs para recuperá-la as 7h da manhã, dando uma carga de oxigênio excessiva que resultou em problemas que só percebi dois meses depois. Ela ficou na UTI Neonatal por 7 dias e eu me sentia muito triste e impotente por não ter minha pequena nos braços na maternidade, pior foi receber alta e deixá-la sozinha, fora da barriguinha da mamãe para protejê-la e eu sabia que ela estava sentindo minha falta, eu não podia nem ao menos pegar minha bonequinha no colo, doeu muito.

Se tivêssemos passado "só" por isso, com certeza eu já estaria recuperada e ela também, pois é uma sapeca (ao ponto de me fazer lembrar da danada da Emília do Sítio do Pica-Pau Amarelo).

Por volta dos seus dois, três meses perguntei ao pediatra quando os olhos do bebê focavam com segurança, ele me perguntou o motivo da pergunta e expliquei que os delas ainda não focavam perfeitamente, ele pediu para examiná-la e me disse depois de alguns testes que ela tinha nistagmo. Meu coração acelerou. "O que raios é isso" pensei enquanto ele me dava explicações por cima e a encaminhava ao oftalmo.

Quando cheguei em casa comecei a pesquisar feito uma desvairada sobre isso, "Meu Deus, passei dias, semanas talvez e não tinha praticamente nada na net". O que tinha não era animador, davam algumas explicações e falavam muito em catarata, que foi o caso dela. Nos exames que o oftalmo pediu constou catarata avançada nos dois olhinhos e a encaminharam para a cirurgia urgente, enquanto ela era bebê.

Que droga! Ela não tinha nem cinco meses é já ía passar por esse tipo de coisa, por quê? Me revoltei, senti ódio da droga do hospital, da obstetra, de Deus e de tudo. Me sentia sozinha correndo atrás de informação, achando que a culpa era minha, pois não sabia se eu havia pego rubéola ou toxoplasmose, ambos causadores de problemas da visão em bebês ainda na barriga, mas por ela encontrava forças não sei aonde e me transformei em uma máquina, que esmagaria qualquer coisa de ruim que se colocasse no nosso caminho, meu e dela, e encontrava forças no Otávio, só nele, pois eu me vigiava para não passar para os dois tudo o que estava acontecendo.

A pequena fez a primeira cirurgia ao seis meses e quando fui encontrá-la depois da cirurgia com anestesia geral essa anestesia me causou um terror, eu quase desmoronei ao vê-la tão minúscula naquela cama com o acesso para o soro na veia, mais um acesso no pé e aquela máscara de oxigênio com gotículas sobre os lábios... "Ela é minha! E vou protegê-la" fui novamente feito uma máquina e me acalmei por ela, sentei ao seu lado e fiquei segurando sua mãozinha, esperando ela sair da sedação, desmoronava de novo ao vê-la gemer e não era fácil conter as lágrimas, as pessoas que estavam passando pela cirurgia de catarata na sala, se admiravam dela ter catarata também e me davam apoio a ponto de me comover.

Na segunda cirurgia ela estava com sete meses e eu já não estava tão aterrorizada assim, pois a recuperação tinha sido excelente.
A pequena teria que usar óculos, uma vez que o cristalino dos olhinhos dela foi removido e só deixará de usá-los quando for implantada a lente, por volta dos 4 ou 5 anos. Até lá, é como já postei uma foto dela aqui, os óculos vivem mais na sua boca do que nos seus olhinhos pequeninos, mas quando coloca os óculos seus olhos ficam grandões.

Por tudo isso levei 10 dias para postar essa homenagem a pequerrucha, quando eu olho para ela e vejo que para ela tudo está ótimo, não sabe o que lhe ocorreu, sendo como é danadinha, sorridente E BRAVA, tudo fica melhor para mim. Me sinto feliz.

No dia do seu aniversário, acordei depremida, não tinha forças para ser otimista, pois estava revivendo todo aquele momento, só ao longo do dia foi que me reanimei totalmente e podemos comemorar na sua totalidade esse dia tão feliz, compramos um bolinho e cantamos "parabéns pra você..." e ela animadíssima, batendo palmas e dançando, "eh! linda, mamãe já percebeu que você vai ser baladeira, não pode ouvir um barulho que já começa a dançar rsrsrs".

Te amo bonequinha, você e o Otávio são os bens mais preciosos que possuo.

com o irmãozinho ainda recém-nascida

no dia que completou 1 aninho dia 17/03/2012

Parabéns, princesa guerreira, que o seu futuro seja esplendoroso.

De sua mamãe

Editado, pois os sentimentos mudaram... para melhor, obrigada meu Deus.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Encontrei a felicidade limitando os meus desejos

Nesses últimos anos, começando um pouquinho antes do meu casamento, essa era a minha frase de coragem. A maioria das coisas que queremos envolve dinheiro; carinho e afeto não conta, isso depende de nossa vontade. Então S-E-M-P-R-E que eu queria algo e fazia as contas e via que não conseguiria bancar, invocava esse mantra e me acalmava. Nós nunca precisamos de tudo o que queremos comprar, mas dá uma tristeza não poder comprar um xampoo diferente, uma batedeira equipadérrima, toalhas novas e fofinhas, aquele sapato de salto que ficaria ótimo no meu pé e que talvez eu nunca use, aquela revista com uma matéria incrível "que eu preciso ler"... Época de privação.

Já tive a fase bemmm antes do casamento em que o inconsciente parecia que nunca teve uma instrução de orçamento financeiro na vida, dizia: compra, compra, compra... Eu comprava e ia toda felizinha para casa. Época de desatino.

 Hoje eu penso diferente. Quero comprar? Tá, mas só o que realmente preciso. Não quero mais limitar meus desejos, mas também não vou gastar "meu rico dinheirinho", como dizia o Pica-Pau.

Como meu apêzinho está para sair, teremos um monte de coisas para comprar (pois teremos que comprar tudo) até o final do ano, quando nos mudaremos sem falta por causa do Otávio que vai fazer a primeira série, então é bom chegarmos uns dois meses antes para nos adaptarmos.

 Eu já havia começado a fazer um check-list de tudo o que vou precisar até deixá-lo montadinho e confortável para minha família, praticamente nada do que tenho dá para ser aproveitado no novo lar, o apê mais parece uma casinha de bonecas de tão pititico, ri muito quando a Giselle o descreveu como  ótima pra quem tem duas calcinhas e um par de chinelos pra guardar, pois o dela também é pequeno, quando li isso para meu marido ele riu e concordou, parece que os apartamentos estão ficando tão pequenos que no futuro teremos que entrar "de ladinho".

Então tenho que ser criteriosa, mas sem "limitar meus desejos", saí época vudum!.

Ando num estado de tristeza que me mata: quero comprar, mas preciso aprender a liberar minha razão para os gastos, preciso praticar agora o desapego ao dinheiro, é difícil depois de tantos anos tendo que controlar as despesas. "Xô, espírito de porco muquirana!"

Preciso disso: viver em um paraíso com o necessário.

Meire ou como diz meu marido: Ridjome.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Disciplina, trabalho de formiguinha

No meu momento atual a qualidade que mais quero inserir em mim é a disciplina.

Disciplina para cuidar da casa, cuidar dos meus dois filhotinhos, cozinhar.

Disciplina para ter força de vontade de acordar e levantar da cama para começar o dia, disciplina para estudar com foco.

Disciplina para não ficar pensando a todo momento no meu apêzinho, me vigiando para não ficar saltitando de site em site olhando decoração, reforma (mas não me privo de visitar TODOS os meus blogs queridos, isso não, já seria demais).

É extremamente cansativo e doloroso posso dizer nos forçar a tomar essa atitude. Nossa zona de conforto se rebela, não quer permitir tamanho desatino, tenta nos ludibriar mostrando que é mais gostoso ficar quietinha, sem fazer nada e continuar na mesmice. É essa mesmice que me faz dar um salto e ficar alerta para fazer o que tenho que fazer. Ela é minha mola propulsora.

Quero evoluir em todos os setores de minha vida: familiar, profissional, acadêmica, financeira, social, doméstica, e claro tenho que cuidar da minha beleza. Não tenho pressa, vou a passos pequenininhos, se a formiga consegue, eu também consigo, aos pouquinhos.

É isso, primeiro passo: DISCIPLINA

quinta-feira, 8 de março de 2012

Rotina Doméstica

Se existe algo do qual não posso abrir mão são as minhas rotinas domésticas. Sempre tive muito interesse nesse assunto: lia tudo que eu via sobre arrumação e limpeza de casa , organização de armários, elaboração de menus semanais, listas de compras e por aí vai...

Atualmente vejo uma necessidade maior de praticá-las com afinco, pois estou sozinha para cuidar de casa, dos filhotes, roupas para lavar, cozinhar, compras para fazer. Marido só prepara café da manhã e caí no mundo para trabalhar, como no trabalho dele o horário não é fixo, ele é quem decide quanto tempo fica fora, por volta de 10 a 14 horas por dia/noite.

Daí, essa minha necessidade de me organizar, se não faço isso, fico perdidinha.

Essa semana fiquei pesquisando na net sobre rotinas domésticas, ô delícia, fui primeiro no blog de cuidados domésticos que mais adoro "Tomando uma Chavena de Chá", descobri outros como o "Vida Organizada" da Thais e adorei saber mais sobre minimalismo, uma vez que pratiquei o desapego não quero mais voltar a ter e guardar o que não uso, mesmo.

Já consegui inserir alguns hábitos em casa: manter a casa bem varridinha para Aicha engatinhar, lavar a louça antes de dormir, deixar o fogão brilhando de limpinho com as panelas guardadas na geladeira, quando marido chega eu tiro, ponho seu prato e guardo de novo. E lavei roupa. Marido era quem lavava, eu adoro lavar roupa, já passar eu detesto!

Algo importante para mim e vejo que nesses blogs elas concordam comigo, é que devemos fazer uma tarefa por vez. E ir aumentando aos poucos a lista de afazeres.

Estou tentando elaborar o menu da semana para preparar a lista de compras, mas ô coisinha difícil, vou fazer para que eu ganhe tempo.

Outro item importante? Desligar a TV. O Otávio pede para colocar nos desenhos e some para a casa de minha mamy ou do meu irmão, ENTÃO eu coloco colocava na novela: pronto, lá se foi meu tempo! Mas, a senhorita Aicha não quer saber, deu 7h ela quer jantar e tomar banho, como o horário de verão acabou eu perco 1h, que era o tempo que eu tinha para cozinhar e ficar tudo prontinho para ela, mas minha garotinha não quer saber, dá um show e eu tenho que fazer tudo às pressas e o pobre do Tavinho fica "Espera Aíssa, mamãe já vem...".

Tá vendo? Preciso ou não preciso me organizar?

Depois que ela dormi as 7h40 ela já está quietinha em estado sonolento, eu começo a rotina doméstica. Mas eu gosto, só tenho que ampliar meu campo de ação.

Tive como guia essa matéria legal da Revista Comprebem nº 30. E claro, coloquei mais algumas tarefas, assim como descartei outras porque não funcionam para mim.

ROTEIRO DE LIMPEZA E ARRUMAÇÃO
- Planeje-se para realizar todas as tarefas domésticas. Assim, você deixa sua vida mais leve e sua casa mais organizada.

- Manter a casa limpa cansa, mas não é uma tarefa tão difícil quanto parece. Com um pouco de planejamento, dá para deixar a casa em ordem 24 horas por dia, sete dias da semana, sem se matar de tanto trabalhar.

- O primeiro passo é elaborar uma lista com tudo o que você precisa fazer e de quanto em quanto tempo. 

- Depois, monte um roteiro. Distribua as tarefas pelos dias da semana e do mês, tomando cuidado para não sobrecarregar um em especial. 

- Se respeitar esse cronograma, não precisará de uma faxina grande. 

- Faça as adaptações que achar importantes, de acordo com o tamanho e as necessidades de sua família.

DIARIAMENTE DE MANHÃ
• Arrumar as camas
• Estender as toalhas de banho
• Deixar a pia de louças organizada antes de ir trabalhar
• Jogar o lixo fora (tarefa do maridinho)
• Colocar de volta o que estiver fora do lugar (coisa de 3 minutos)

DIARIAMENTE À NOITE
• Limpeza leve do banheiro e da lixeira
• Limpeza leve da cozinha  e da lixeira 
• Lavar a louça, secar e guardar

• Lavar o que usa enquanto cozinha, como a panela de pressão
• Varrer a casa

• Trocar o pano de prato
• Esvaziar as lixeiras
• Colocar de volta tudo o que estiver fora do lugar (coisa de 5 minutos)
TRÊS VEZES POR SEMANA (DIA SIM, DIA NÃO)
• Passar pano úmido no chão
• Trocar as toalhas de secar mão e rosto
• Lavar roupas
• Obs.: Trocar as fronhas 2 x semana
UMA VEZ POR SEMANA (DIVIDIDOS ENTRE SEGUNDA E SEXTA)
• Trocar a roupa de cama, mesa e banho
• Limpeza pesada do banheiro
• Limpeza pesada da cozinha
• Tirar o pó dos eletrodomésticos
• Passar lustra móveis nas peças de madeira e inox
• Passar as roupas lavadas
• Limpar estofados e tapetes
• Lavar as lixeiras por dentro
• Tirar o pó das cortinas, plafons e encima dos armários com o aspirador
• Limpar forno, fogão, microondas e geladeira
DE 15 EM 15 DIAS
• Limpar portas, janelas e vitrôs
• Lavar os azulejos dos banheiros, cozinha e lavanderia
UMA VEZ POR MÊS
• Limpar a máquina de lavar
• Virar o colchão
• Limpar os espelhos das tomadas
• Fazer a faxina da parte interna dos armários
A CADA SEIS MESES
• Lavar cortinas e tapetes
• Trocar o refil do filtro de água
• Verificar o estado do rejunte de banheiros e cozinha
DICAS ÚTEIS
• Evite lavar roupas às sextas para não deixar o varal cheio no fim de semana.
• Não use o mesmo pano para limpar peças de cozinha e banheiro. Tenha panos de cores diferentes. Assim você evita levar gordura para outras áreas da casa.

Essas rotinas estão sempre sujeitas à alterações, mas é o essencial para mim neste momento

 Eu tinha a coleção com todos os números da revista Comprebem, foi embora no dia do desapego snif, snif.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Taxas de Condomínio - parte I


Fui apresentada a esse assunto de Instalação de Condomínio na segunda e última reunião dia 15/02, antes da entrega das chaves do meu apêzinho agora em março, isso, no diminutivo pois meus 45m² não me deixam mentir.

A primeira reunião foi ótima, cheia de novidades que me fizeram vibrar, mas a segunda... Só me trouxe dor de cabeça.

Sim, dor de cabeça pois eu não esperava um valor tãããão alto logo para o primeiro boleto R$ 248,62 praticamente a metade do meu financiamento. Isso porque não temos piscina, quadras de esporte, área gourmet, nada! Só o playground e o salão de festas, sem contar que a garagem não tem cobertura, é ao ar livre.

E preciso deixar claro que, como não nos mudamos ainda, não sabemos o que precisaremos acrescentar, tipo cobertura de garagem e só na prática do dia a dia ficará evidente o que falta. Fiquei indignada, pois insinuaram que seria R$ 120,00 a R$ 150,00. Daí vem esse golpe!

Recorri a algumas pessoas super gentis de blogs que acompanho com avidez para pedir socorro e esclarecimento sobre a questão, a Priscila, a Itinha e a  Maysa batemos um bolão por e-mail, pois a pessoa que vos escreve ainda não sabe mexer com este bloguinho. A Maysa super solicita fez um post que fala sobre isso e adorei as dicas que ela me deu, copiei um trecho para ficar mais claro:

"No meu caso como comprei o apê ainda em construção onde a todo esse assunto de condomínio é ainda mais complicado, a construtora faz uma expectativa de quanto vai custar o condomínio que muitas vezes não é a realidade, pois o valor que eles colocam hipoteticamente quando você ainda está pensando em comprar o imóvel muitas vezes não corresponde a realidade, uma vez que aquele valor é para o menor apartamento da planta, ou seja se você escolher um apê maior certamente vai pagar mais, pois o valor do condomínio é calculado pelo m2 do seu apartamento, mais a sua vaga na garagem mais o espaço comum correspondente ao percentual do seu apartamento.

Outra coisa que influencia muito no valor do condomínio é a quantidade de apartamentos dentro do condomínio, pois muitas das despesas são fixas e não importa muito se morar mais ou menos gente o valor vai continuar o mesmo, por exemplo: o serviço de portaria, limpeza e jardinagem, (que no meu condomínio é mão de obra terceirizada) é o mais caro do orçamento e não importa se tem 10 ou 100 apartamentos, ainda vai ser necessário ter porteiro 24 horas, ao menos uma faxineira e um zelador.

No meu condomínio como tem 115 apartamentos o valor fica mais divido, porém eu sei que quem mora na cobertura paga o dobro que eu pago, uma vez que o apartamento tem o dobro do espaço e duas vagas na garagem.

No valor que eu pago mensalmente além do serviço de portaria, limpeza, água e energia do condomínio todo está incluso o gás e a água que usamos individualmente em cada apartamento então para mim compensa bastante pois temos uma certa segurança no condomínio mais água e gás já inclusos no valor do condomínio.

Eu nem sabia que tinha uma empresa para administrar isso, no nosso caso na primeira reunião que eu não fui, maridinho anotou tudo para mim e disse que perguntaram quem queria ser síndico, subsíndico, conselho fiscal e tal. Na segunda reunião a senhora da Dinâmica que foi encarregada de fazer a Instalação do Condomínio, abriu a reunião dando os parabéns ao pessoal que mesmo sem ter sido eleito já tinha corrido atrás dos assuntos referentes ao condomínio. Colocaram serviços que ainda nem precisamos como manutenção de caixa d'água, de portão e outros... Peraí, para quê tudo isso nesse momento se o empreendimento é novo???? Não seria melhor esperar uns seis meses, fazer nova reunião e vermos o que precisa realmente ser feito??? Começar com o básico???

Só sei que fiquei tão atordoada que nem anotamos nada, quando vi o valor para portaria em quase R$ 11.000,00 ... E a tal da senhora vendo que não agradou, ficou nos forçando a tirar itens que sairíam a R$ 2,50 para cada um, como ronda com câmeras 24 horas. R$ 2,50 não fazem diferença no nosso bolso, já esses R$ 11.000,00. Fiz o cálculo e daria para cada uma das 120 unidades R$ 91,67 só de portaria.

Nem entrou no condomínio os valores gastos com o salão de festas, mais R$ 300,00 para cada unidade.

Essa é a parte I desse tema, em dezembro/2012 assim que tudo ficar mais claro, vou dar continuidade.

Acho que vou fazer uma sopa ou bolo de fubá, para ver se relaxo.
              

  Está tão lindinho...

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Uma ajuda especial

Encontrei uma fofa, que me deu umas dicas legais. Eu estava com meu probleminha de não conseguir colocar o nome do meu bloguinho como ele é "Se não é sopa, é bolo" na minha própria lista de blogs, mostrava "senaoesopaebolo.blogspot.com", fiquei fuçando tudo na internet para ver se eu conseguia. Nada! Encontrei o blog da fofa da Elaine e ela super gentil, falou que fez o teste no blog dela e que saía tudo normal para ela, me indicou remover e adicionar o blog novamente para ver se dava certo, mas não deu. Fiz duas vezes, e só na segunda vez vi que ao lado de remover tinha renomear, e aí deu certo. Tô toda feliz agora rsrsrs. A Elaine, inclusive me ensinou a colocar link, espero que dê certo.

Beijoca, Elaine e obrigada.